metade-metade @ 17:16

Sab, 08/11/14

Sempre disse que quando for uma velhota, vou ser daquelas que calçam pantufas o dia inteiro e andam rodeadas de gatos. Sempre tive gatos em casa, desde os meus 6 anos de idade e vou ser sincera com vocês: todos eles tiveram (e têm) algum defeito de fabrico a nível mental, pois nunca bateram muito bem da bola.

 

O certo é que atualmente tenho dois gatos muito lindos e muito donos do seu próprio nariz, que me ocupam toda a cama (incluindo a almofada) e me obrigam a ir descansar para o sofá. Também me obrigam a esperar à porta da casa de banho pois as excelências são muito requintadas e só urinam na sanita. Neste momento estou a ser observada à distância por um deles que ou me vai atacar a qualquer segundo ou está a engendrar algum plano maléfico. 

 

Juro que às vezes acho que estou a criar seres estranhos que têm a intenção de dominarem o Mundo. Mas, eh pá, a vida sem eles e sem as aneiras já não é a mesma coisa!

 

E vocês? Têm gatos? Eles também se lembram de fazer coisas parvas/estúpidas/sem noção? Metem-se nos buracos mais pequenos só porque sim? Digam-me tudo!




Li @ 12:14

Sex, 14/11/14

 

Opa...a minha gatinha Joana é um anjo! Mesmo! Porta-se bem, mesmo bem! Não me lembro de me chatear com ela, excetuando quando estava na varanda a apanhar solinho (comigo ali colada, claro) e arranjou maneira de, num segundo, pular para a varanda do lado e depois para o quintal dos vizinhos! De resto, posso deixar tudo aberto, comida em cima da bancada, que ela é mesmo um anjinho!

(Mas depois tenho uma cadela que me põem literalmente maluca. E não estou a exagerar.)

Pesquisar
 
mais sobre mim
Na mesa de cabeceira:
Arquivo
2014

2013

2012

Quantos são?